Coluna do Zé Côca, Luverdense | Publicado em 15 de junho de 2016 | Zé Côca

Comentarista Zé Côca fala tudo que viu no empate do Luverdense com o Tupi-MG

Luverdense

Luverdense

Colunista-Zé Côca

Colunista-Zé Côca

Dando prosseguimento na boa campanha na série B 2016, o Luverdense depois da grande vitória diante do Ceará por 3 a 2, no Passo das Emas em Lucas do Rio Verde, o Verdão do Norte voltou a jogar na noite de ontem 14/06/2016, desta vez fora dos seus domínios e empatou sem gols contra o lanterna da competição, Tupi de Juiz de Fora-MG, somando mais um pontinho importantíssimo para a seqüência do campeonato.

 

Na próxima sexta-feira volta a jogar novamente fora, agora contra o Paraná Clube no Dorival de Brito em Curitiba-PR. O Tupi mesmo sendo uma equipe que não vem fazendo uma boa campanha até o momento, ocupando as últimas colocações, o jogo foi muito difícil. Nestes jogos as dificuldades são grandes, as forças se equivalem, as equipes são muito parelhas e todas as partidas são dificílimas. Se tornando obrigação vencer dentro de casa e buscar pontos fora.

 

Mesmo com as ausências de dois dos seus melhores jogadores, Luiz Otavio e Régis a equipe se portou muito bem. Os atletas que os substituíram Ailton e Raul Prata, jogaram boa partida. Raul é o titular da posição e Ailton é um reserva à altura do titular. Na partida de ontem no primeiro tempo o Luverdense foi superior, criou mais, jogou solto, tocou bem a bola e perdeu duas oportunidades concretas de gols com o bom atacante Hugo que fez outra grande partida.

 

Na primeira depois de uma enfiada perfeita ele ganhou na velocidade da zaga do Tupi e na saída do goleiro, tocou firme no canto esquerdo, para grande defesa do Rafael Santos, com as pontas dos dedos a bola bateu na trave e saiu para escanteio. Na segunda grande jogada pelo lado direito em toques rápidos dos atacantes do LEC, ele recebeu dentro da área, deu um corte em dois defensores e de esquerda colocou e essa passou por sobre o gol.

 

Outro que teve atuação destacada foi o goleiro Gabriel Leite, muito seguro, saindo bem do gol e praticando pelos menos duas defesas espetaculares. No geral todos atletas do Luverdense jogaram um bom futebol e, apesar do cansaço das viagens o time não sentiu tanto e estão todos aptos para o próximo compromisso.

 

O Tupi também criou no segundo tempo pelo menos duas também, ambas no segundo tempo. Primeira depois de grande defesa do goleiro Gabriel Leite, Sacilotto de frente para o gol chutou por cima. Depois quem perdeu foi Henrique que bateu de dentro da área para fora. No primeiro tempo o Luverdense foi melhor, no segundo mesmo jogando mal, equilibrou a partida na vontade, na determinação, não o suficiente para vencer o jogo.

Ficha técnica:

Tupi-MG 0 X 0 Luverdense-MT
Horário: 19h15 de Brasília
Estádio: Elenão – Juiz de Fora-MG
Árbitro: Bruno Arleu Araújo-RJ
Assist: Vanderson Antonio Zanotti-ES
Eduardo de Souza Couto-RJ.

Tupi-MG: Rafael Santos, Henrique, Heitor, Helder (Rodolfo Mol) e Bruno Costa; Rafel Jataí, Marcos Serato, Hiroshi e Vinícius Kiss; Giancarlo (Rubens) e Tiago Silvy (Gabriel Sacilotto).

Luverdense: Gabriel Leite, Raul Prata, Ailton e Paulinho; Jean Patrik, Kazu, Ricardo (da Mata), Sergio Mota (Rafael Silva); Baggio (Eric) e Hugo.



Deixe seu comentário

Os comentários neste espaço não refletem a opiniáo do site Futebol Matogrossense e é de responsabilidade do leitor. Não serão publicados comentários considerados ofensivos ou que use de linguagem inadequada.