Coluna do Zé Côca, Destaques, Luverdense, Notícias, Série B | Publicado em 22 de outubro de 2016

Comentarista Zé Côca conta tudo sobre a grande vitória do Luverdense frente ao forte Náutico

Jogando em casa diante do seu torcedor o Verdão do Norte venceu mais uma, desta vez de virada por 2 a 1, e não foi qualquer time não foi o grande time do Pernambuco o famoso Náutico Capibaribe (Timbú). Os gols foram anotados por Bergson aos 10 minutos de pênalti e Alfredo foi o autor dos dois gols do Luverdense, o primeiro também de pênalti aos 10 minutos do segundo tempo e aos 37 de cabeça depois da falha do goleiro Rodolpho que socou a bola para traz.

LEC X Nautico

Luverdense e Náutico ficaram no empate (Foto: Divulgação/Luverdense)

A partida começou bem movimentada, com as equipes jogando aberto, com toques rápidos e grande movimentação dos jogadores do meio campo e ataque. O Náutico sabendo como joga o time da casa, onde, prevalece o toque de bola em velocidade e as descidas de seus dois bons laterais Raul Prata e Paulinho.

O técnico Givanildo adiantou a marcação do seu time, não deixando o time local tomar iniciativa das jogadas, tentando anular a principal saída do Luverdense. E deu certo logo aos 10 minutos o jogador Ricardo fez pênalti em Bergson que bateu fazendo 1 a 0 Náutico. Depois do gol o Náutico começou a tocar a bola, deixando o tempo passar e o LEC partiu pra cima criou várias oportunidades com: Rafael Silva que acertou a trave, com Everton numa bela cabeçada que passou raspando o poste, bomba do Jean Patric e outras.

Como esperança do diminuto público no Passo das Emas para o segundo tempo era que, como o LEC terminou o primeiro tempo bem melhor que adversário , fatalmente no segundo, o time voltaria aceso e buscaria no pior das hipóteses o empate. Foi à luta, botou pressão, foram aparecendo as chances; primeiro com Rafael Silva, Diogo Sodré chega atrasado e a bola passa em sua frente, aos 8 Raul acerta uma bomba e o goleiro defende, só que aos 10 minutos Alfredo adentra na área e o goleiro Rodolpho faz pênalti ele mesmo bate e converte com categoria, o goleiro nem se mexeu, agora 1 a 1.

Depois do gol o Náutico tentou fazer o segundo, porém o LEC dentro de casa é mortal e aos 37 minutos em belo cruzamento do Raul Prata o goleiro socou a bola esta foi para trás e lá estava ele Alfredo o cara da noite, para colocar números finais na partida de cabeça para as redes, Luverdense 2 a 1. Foi uma bela partida protagonizada por estas duas boas equipes, que jogam um futebol bonito, com toque de bola e grande movimentação de seus atletas no gramado. Pena que o público em Lucas do Rio Verde está deixando a desejar.

O time vem correspondendo, fazendo ótima campanha e o torcedor não comparece. Quisera fosse aqui, em Rondonópolis, o Luthero estaria sempre lotado. Com esta vitória o time está completamente livre do rebaixamento e pronto para superar a campanha passada. Na partida de hoje todos os atletas se apresentaram bem, porém, Raul, Everton, Moacir, Jean, Paulinho e Alfredo que mais destacaram.

TIMES

Luverdense: Diogo Silva, Raul Prata, Everton e Paulinho; Ricardo, Jean, Diogo Sodré (Macena, bom jogador), Douglas Baggio (Abner, foi expulso); Alfredo e Rafael Silva (Tosin). Técnico: Júnior Rocha.

Náutico: Rodolpho, Joasi, Rafael Pereira, Igor Rabelo e Gaston ; João Ananias, Renan Oliveira,Marco Antonio (Tiago Adan)e Rodrigo Souza (Jeferson Nen); Yuri Mamute (Negreti) e Bergson. Técnico: Givanildo Oliveira.

Artilheiros: Bergson aos 10 min primeiro tempo- Náutico e
Alfredo aos 10 e 37 do segundo tempo-Luverdense.

Público: 1.070 torcedores.



Deixe seu comentário

Os comentários neste espaço não refletem a opiniáo do site Futebol Matogrossense e é de responsabilidade do leitor. Não serão publicados comentários considerados ofensivos ou que use de linguagem inadequada.