Copa do Brasil, Destaques, Notícias, Sinop | Publicado em 17 de fevereiro de 2017 | Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza

Em jogo emocionante, Sinop elimina o Salgueiro e enfrentará o Fluminense na Copa do Brasil

Foto: Só Notícias/Vanessa Fogaça

Foto: Só Notícias/Vanessa Fogaça

O Sinop está classificado para a próxima fase da Copa do Brasil. Em duelo emocionante e que terminou com três jogadores expulsos, disputado no noite desta quinta (16/02) no estádio Gigante do Norte, o Galo venceu o Salgueiro-PE, por 1 a 0, e enfrentará o Fluminense. O único gol do jogo foi marcado por Jorge Preá, aos 39 minutos do segundo tempo.

O jogo contra a equipe carioca está marcado para a próxima quarta-feira (22), novamente no Gigante do Norte. O confronto também será em jogo único. O ganhador avança. Em caso de empate, a disputa será definida nos pênaltis.

O jogo

Jogando fora de casa, o Salgueiro começou a partida no campo ofensivo. Aos 3 minutos, Valdeir tentou chute para o gol, mas mandou fraco pela linha de fundo. O Galo respondeu aos 9. Jorge Preá tocou para Andrezinho. O jogador repassou, de calcanhar, para Alex chutar. O goleiro Mondragon, atento, defendeu. Aos 12, nova oportunidade para os donos da casa. Maycon soltou o pé e o goleiro pernambucano salvou.

O Sinop continuou no ataque e, aos 16, Jorge Preá cruzou na medida para Andrezinho. A zaga do Salgueiro conseguiu afastar. Aos 20, foi a vez dos visitantes chegarem com perigo. Tamandaré cobrou escanteio, Tayron afastou e a bola acabou sobrando para o chute de Moirelândia. Naldo defendeu. Aos 30, Andrezinho arriscou de fora da área para a equipe sinopense, mas a bola acabou subindo demais. Antes do intervalo, aos 46, Rodolfo bateu falta frontal para o Salgueiro e jogou por cima da meta de Naldo.

A equipe pernambucana voltou com tudo para a segunda etapa. Aos 5, Valdeir chutou com força e a bola esbarrou na zaga do Galo. Aos 8, lance polêmico no Gigantão. Andrezinho acabou derrubado na área e o juiz mandou seguir, sob muita reclamação. No entanto, pouco tempo depois, aos 10, o árbitro não perdoou a falta feita por Ranieri e expulsou o jogador, que já tinha cartão amarelo. O Sinop passou a jogar com um a mais.

Aos 11 minutos, quase Valtinho abriu o placar para o Galo. Após cobrança de falta de Alex, o jogador cabeceou com muito perigo. Com 1 a menos, o Salgueiro não se limitou ao campo defensivo e quase inaugurou o marcador aos 15. A bola explodiu na trave. O Sinop respondeu imediatamente com Maranhão. Ele driblou três marcadores e bateu firme. A bola, porém, foi por cima do gol. Aos 19, nova oportunidade para os donos da casa. Andrezinho bateu bem e Mondragon defendeu. Aos 24, Jean Chera arriscou chute e jogou longe do gol.

Se encaminhado para o final, o jogo começou a tomar contornos dramáticos. Aos 34, o Salgueiro perdeu o segundo jogador, desta vez, lesionado. Isso porque Dadá sofreu uma contusão e a equipe já havia feito as três substituições. Aos 38, o técnico da equipe pernambucana ainda foi expulso. Quando a partida parecia seguir para o empate, Jorge Preá marcou e explodiu o Gigante do Norte. Na comemoração, o atleta foi às lágrimas.

Após o gol, os jogadores de ambas equipes se estranharam. Marinho, do Galo, e Luiz Eduardo, do Salgueiro, acabaram expulsos. A equipe pernambucana ainda esboçou uma tentativa de reação, mas não foi suficiente. O Sinop também chegou a ameaçar os adversários, sem conseguir, porém, converter em gol. Após ficar de fora da Copa do Brasil por 17 anos, o Galo está classificado para a próxima fase da competição.



Deixe seu comentário

Os comentários neste espaço não refletem a opiniáo do site Futebol Matogrossense e é de responsabilidade do leitor. Não serão publicados comentários considerados ofensivos ou que use de linguagem inadequada.