Copa do Brasil, Destaques, Luverdense, Notícias | Publicado em 10 de março de 2017

Corinthians faz resultado no primeiro tempo, gols de Rodriguinho e Gabriel

Corinthians precisou apenas do primeiro tempo para garantir a vitória diante do Luverdense pelo placar de 2 a 0. Foi um primeiro tempo de pleno domínio do time paulista. Percebendo seu adversário apático na partida, tratou de tomar as rédeas do jogo e ditar o ritmo tocando bem a bola , sempre comandado por Jadson, Gabriel, Maicon e o excelente Rodriguinho.

Até sair o primeiro gol aos vinte minutos anotado por Rodriguinho o Corinthians era destacado melhor em campo e, o gol saiu depois de uma bela trama entre Maicon, Romero e Guilherme Arana, que  foi ao fundo cruzou forte e Rodriguinho completou para fazer um zero (1xo), Corinthians.

O segundo gol veio logo com 4 minutos depois. O volante Gabriel acertou um belo chute de fora da área fazendo 2 a 0O luverdense só veio acordar no final do primeiro tempo, obrigando o goleiro Cássio a trabalhar e fazer duas grandes defesas. No primeiro tempo vimos in-loco (lá dentro da Arena) foi um time acanhado, medroso, jogadores querendo jogar bonito com a bola e quando perdiam não marcavam, davam espaços, só cercavam, assistiam o Corinthians jogar e se deixar time grande jogar complica e foi o que aconteceu.

Para o segundo tempo alguma coisa teria que mudar e mudou. O técnico Odil Soares deve ter pedido mais empenho dedicação, adiantou a marcação complicou a marcação adversária. Com esta nova postura o time começou a mandar no jogo, foi melhor na segunda etapa, criou várias oportunidades.

A primeira foi com o atacante Rafael Macena que chutou por cima só ele e o gol depois da falha do zagueiro Balbuena. A segunda com Rafael Silva que passou raspando a trave, outra com Éric que acertou a trave e um belo chute do Marcos Aurélio o melhor do Luverdense no jogo, com grande defesa do Cássio.

Na realidade o favorito era mesmo o Corinthians, porém, o Luverdense não reeditou suas apresentações anteriores da Copa do Brasil contra o Avaí e Ponte Preta. Se o jogo fosse em Lucas no Passo das Emas era outra história. A Arena é considerado campo neutro, porque o LEC joga de vez em quando na Arena e é claro que vai prevalecer o time de melhor categoria.

Ontem o Luverdense apresentou dois jogadores muito fracos: Éric e Rodrigo Fumaça, Nossa foram irreconhecíveis. Diogo Sodré que um bom jogador não foi bem joga mais, Rafael Silva é fraco, o lateral direito foi uma avenida, o quarto zagueiro Dalton não impõe respeito. LEC precisa de dois atacantes, um meia que chame a responsabilidade, um lateral e um zagueiro, um volante marcador, porque o Ricardo tão pouco o Diogo Sodré são primeiro volante, são muito técnicos. dos que jogadores que entraram ontem apenas o Kazu entrou com personalidade, dividiu todas e não errou.

Para o jogo da volta em São Paulo tomara que o time do Luverdense se apresente melhor, encare o Corinthians sem medo, com humildade que dá jogo, do contrário a derrota será inevitável.



Deixe seu comentário

Os comentários neste espaço não refletem a opiniáo do site Futebol Matogrossense e é de responsabilidade do leitor. Não serão publicados comentários considerados ofensivos ou que use de linguagem inadequada.