Coluna do Zé Côca, Copa Verde, Destaques, Luverdense, Notícias, Outras Notícias | Publicado em 17 de maio de 2017 | globoesporte.com/pa/mt/redação.

Luverdense é campeão da Copa Verde, cala Mangueirão lotado.

whatsapp_image_2017-05-16_at_21.34.20Luverdense é campeão da Copa Verde! O time mato-grossense empatou o jogo de volta contra o Paysandu por 1 a 1 no Mangueirão, mas por ter vencido a ida por 3 a 1, garantiu o título regional. Em apenas 13 anos de existência, o Verdão do Norte conquistou o título mais importante da sua curta história. Este título garantiu vaga ao Luverdense nas oitavas de finais da Copa do Brasil 2018.

O Paysandu começou o jogo acelerado e logo aos 3 minutos marcou o primeiro gol. Depois de cobrança de falta ensaiada, Diogo Oliveira chutou rasteiro, a defesa do Luverdense afastou parcialmente, mas a bola sobrou na entrada da área para Leandro Carvalho, que finalizou forte no canto para abrir o placar.

O Luverdense buscava se encontrar em campo, mas era o Paysandu que sempre assustava nas jogadas rápidas pelos lados de campo. Mesmo precisando de mais um gol, o time da casa jogou no contra-ataque no primeiro tempo. O Verdão do Norte passou a ter mais posse de bola e as algumas chances de marcar, mas esbarrou nas defesas do goleiro Emerson e na falta de pontaria de seus atacantes.

Luverdense empatou a partida de volta e foi campeão da Copa Verde (Foto: Estadão Conteúdo) Luverdense empatou a partida de volta e foi campeão da Copa Verde (Foto: Estadão Conteúdo)

Luverdense empatou a partida de volta e foi campeão da Copa Verde (Foto: Estadão Conteúdo)

O visitante voltou dos intervalo com mais vontade e aos 9 minutos Marcos Aurélio cobrou falta na trave do goleiro Marcão. Aos 19 minutos, o Paysandu quase marcou o gol que daria o título. Ayrton cobrou falta na área, Wesley desviou de cabeça na primeira trave e por pouco Wilkerson não completa para o gol. O jogo foi muito nervoso na segunda etapa e os times mostravam mais disposição do que técnica.

Melhor na partida, o Luverdense empatou o jogo aos 31 minutos. Depois de falta cobrada da intermediária, a bola sobrou pára Rodrigo Fumaça dentro da área, ele driblou o goleiro Marcão e sofreu a penalidade máxima. Rafael Silva cobrou com categoria no canto direito e balançou a rede. O Paysandu partiu para cima nos minutos finais, mas não teve forças para buscar os gols que lhe daria o título. O número de pagantes do jogo foi de 26.653 pessoas para uma renda de R$ 668.225.

O Luverdense venceu a ida por 3 a 1, que deu vantagem para a volta em Belém (Foto: Olímpio Vasconcelos) O Luverdense venceu a ida por 3 a 1, que deu vantagem para a volta em Belém (Foto: Olímpio Vasconcelos)

O Luverdense venceu a ida por 3 a 1, que deu vantagem para a volta em Belém



Deixe seu comentário

Os comentários neste espaço não refletem a opiniáo do site Futebol Matogrossense e é de responsabilidade do leitor. Não serão publicados comentários considerados ofensivos ou que use de linguagem inadequada.